Unigran Capital

dicas para estudar a distância

Confira 8 dicas para estudar a distância e obter o melhor desempenho

Quer algumas dicas para estudar a distância e se dar bem nos cursos EAD? Então, você chegou à página certa! Aqui, vamos falar sobre a modalidade de ensino que tem atraído um número cada vez maior de estudantes. O interesse crescente pelo formato online é facilmente explicado — basta avaliar as vantagens desse método.

Além da praticidade, que favorece a vida de quem tem uma rotina atribulada, os cursos EAD são valorizados pelo mercado de trabalho, da mesma forma que a educação presencial. Mas, para aproveitar o máximo possível, não pode faltar dedicação e compromisso com os estudos.

Neste post, vamos apresentar 8 dicas para estudar a distância que são indispensáveis para quem pretende garantir o bom aproveitamento acadêmico. Confira!

Vale a pena investir nos cursos EAD?

Sem dúvidas! Os benefícios dessa modalidade são muitos, mas vale dar destaque aos três pontos principais da educação a distância. Veja quais são:

Flexibilidade

O motivo que mais leva os estudantes a se matricularem nos cursos EAD é a flexibilidade de horário. Isso ocorre porque boa parte dos jovens já trabalha, ou pretende fazer estágio, e tem dificuldade para conciliar a rotina profissional com os estudos presenciais, que exigem frequência diária.

Com a educação a distância é possível definir seus próprios horários de aula, de acordo com sua disponibilidade. Além disso, o modelo EAD oferece a facilidade de acessar o conteúdo em qualquer lugar — em casa, no trabalho ou até em um parque livre, desde que tenha conexão com a internet. Portanto, não há a necessidade de se deslocar todos os dias até uma instituição de ensino.

Custo

Outro pilar da modalidade online é o custo reduzido. Muitos dos cursos ofertados nesse formato têm a mensalidade mais acessível em comparação com as opções presenciais. A razão para essa diferença de valores é que as instituições também têm menos gastos com infraestrutura e contratação de docentes.

economia com os custos extras é outra questão que entra em pauta. Afinal, se você estudar em sua própria casa, não terá gastos com transporte, refeições externas e até com xerox e materiais didáticos, uma vez que o conteúdo é disponibilizado no formato digital.

Autonomia

Quem opta pela educação a distância também se beneficia com a autonomia no aprendizado. O método de ensino tradicional consiste, sobretudo, em aulas expositivas, nas quais o professor conduz as explicações e a classe faz suas anotações. Já no modelo EAD você é o principal responsável pela aquisição do seu conhecimento.

Desse modo, você pode seguir seu próprio ritmo de aprendizado e rever o mesmo conteúdo quantas vezes achar necessário, até que ele esteja bem assimilado. Mas não se esqueça de que autonomia e liberdade aumentam a responsabilidade. Então, o bom aproveitamento depende diretamente do seu empenho.

Quais as melhores dicas para estudar a distância e se sair bem?

Como você viu, estudar a distância tem suas vantagens. Mas os resultados são proporcionais ao seu esforço. Apesar das facilidades do ensino EAD, é preciso se comprometer com os estudos para ter um bom desempenho acadêmico e, no futuro, se tornar um profissional qualificado e preparado para colocar o conhecimento em prática.

Para se dar bem no curso, aproveite nossas dicas para estudar a distância! Mas não é só para ler e deixar na teoria, viu? Siga os seguintes passos, na prática, e garanta um aprendizado completo!

1. Gerencie o seu tempo

Tempo livre não é sinônimo de produtividade. Você pode ter longas horas disponíveis no seu dia e não aproveitá-las da forma correta. Para evitar o desperdício dos seus preciosos minutos, aprenda a fazer uma gestão eficaz da rotina. Listas de tarefas, escalas de prioridade, cronogramas e definição de metas são alguns recursos que facilitam a administração dos horários.

2. Tenha disciplina

Você pode se sentir mais motivado com a possibilidade de seguir seu próprio ritmo de estudos. Mas lembre-se de que a motivação só tem efeito se vier acompanhada da disciplina. Em razão da liberdade de estudar no local e na hora que quiser, é importante tomar cuidado com o excesso de confiança em sua disponibilidade de horário. Afinal, a flexibilidade é um convite tentador à procrastinação.

3. Elabore um cronograma de estudos e tarefas

Para facilitar a disciplina, nada melhor do que organizar as tarefas e determinar um tempo para cumpri-las. Um cronograma é a ferramenta certa para ajudar nessa missão. Nele, você pode listar as atividades acadêmicas que precisa fazer, seguindo uma escala de prazos, e definir em quais dias e horários vai se dedicar a cada uma delas. O mesmo pode ser feito com outros compromissos — pessoais, profissionais etc.

4. Prepare um ambiente adequado

Estudantes EAD têm a praticidade de fazer as aulas quando e onde quiserem — na sala, no quarto, fora de casa ou em qualquer outro ambiente. Mas o ideal é criar um espaço adequado para estudar, que seja confortável, bem iluminado e livre de distrações e interrupções. Então, se possível, reserve o local certo para aumentar a qualidade dos seus estudos.

5. Cumpra os prazos de entrega das atividades

Lembra que falamos sobre gerenciar o tempo e ter disciplina? Esses pontos contam muito a favor de quem faz cursos a distância. Isso porque, na modalidade EAD, a frequência do aluno é avaliada por meio de trabalhos com datas predefinidas para entrega. Portanto, o não cumprimento dos prazos leva ao baixo aproveitamento, tanto em termos de carga horária quanto de aprendizado.

6. Evite distrações durante os estudos

Como falamos há pouco, é válido preparar um ambiente propício para estudar, onde você não corra o risco de se distrair ou de ser interrompido. Nessas horas, os estímulos externos tendem a afetar a concentração — e evitá-los é a melhor forma de manter o foco. Televisão, celular a as redes sociais, por exemplo, não são bem-vindos durante o período de estudos.

7. Não fique com dúvidas

Não é porque você estuda sozinho que não tem apoio dos professores. No formato EAD é possível contar com o direcionamento de docentes e tutores que ficam sempre disponíveis para auxiliar quem precisa. O contato é feito pela própria plataforma de ensino ou por outras vias de comunicação, como e-mail e WhatsApp. Além disso, você ainda pode compartilhar suas dúvidas com colegas, em comunidades e grupos específicos.

8. Reserve um tempo para descanso e lazer

Por último, mas tão importante quanto as dicas anteriores, é essencial tirar um tempinho para descansar. No horário de estudos, faça pausas curtas e frequentes para não sobrecarregar o cérebro. Também é necessário respeitar o período de sono para recuperar o corpo e a mente. Por fim, reserve algumas horas durante a semana para fazer uma atividade prazerosa e relaxar.

O descanso e o lazer são uma forma de manter o equilíbrio e recarregar as baterias para aguentar o excesso de tarefas do dia a dia. Portanto, siga essa e todas as outras dicas que foram listadas para estudar a distância e, certamente, você terá um ótimo desempenho!

Mas se você ainda tem dúvidas sobre qual formato de ensino se ajustaria melhor à sua rotina, leia nosso próximo post e descubra qual opção é mais viável: faculdade EAD ou presencial?

Bitnami