Unigran Capital

Mês de combate à violência contra o idoso é marcado por workshop “Cuidando de quem Cuida” na Unigran Capital

O Junho Prata, mês de combate à violência contra a pessoa idosa, foi marcado na Unigran Capital pelo workshop “Cuidando de quem Cuida”, realizado na segunda-feira, 26 de junho. O workshop é uma realização da Unigran Capital e da Associação Brasileira de Alzheimer –Regional MS (Abraz-MS). De acordo com a coordenadora do curso de Radiologia da Unigran Capital, Profa Dra. Débora Teixeira da Cruz, a ação envolveu os cursos da área de saúde da instituição.

O público alvo do workshop foram os cuidadores de idosos: formais (profissionais da área de saúde e de serviço social) e os informais (geralmente, familiares que realizam o cuidado paliativo e diário aos idosos). Acadêmicos da área da saúde interessados em desenvolver-se na área de cuidado com os idosos também puderam participar.

“A nossa preocupação, enquanto pesquisadores da área, é preparar profissionais e familiares para o cuidado, as pesquisas demonstram que os cuidadores muitas vezes estão mais fragilizados que o próprio idoso e, ele pode passar esse estresse para o idoso. Então, o nosso pensamento é: quem cuida, precisa ser cuidado”, explica a coordenadora.

O workshop teve como uma das palestrantes, a coordenadora do curso de Educação Física noturno da Unigran Capital, especialista no trabalho com idosos, Profa Me. Edméia Pacheco de Oliveira, que destacou orientações acerca do cuidado com os idosos. Edméia ainda mencionou que o curso de Educação Física da Unigran Capital (bacharelado) possui uma matéria com 80 horas/aula voltada à área: Atividade Física e Envelhecimento.

O workshop prosseguiu com a psicodramatização sobre a atenção e a saúde dos cuidadores realizada pelas psicólogas Ana Claudia Martins Lugo Siebra (egressa da Unigran Capital e coordenadora do grupo de apoio da Abraz-MS) e Silvana Progetti Paschoal Sisti (presidente da Abraz-MS).

Workshop foi realizado na Unigran Capital

Junho Prata

O dia 15 de junho marca o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. A data foi instituída em 2006, pela ONU (Organização das Nações Unidas) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa.

Em Mato Grosso do Sul, o Junho Prata foi instituído em Mato Grosso do Sul pela Lei Estadual número 5.215/2018. A cor remete ao grisalho dos cabelos dos idosos. No decorrer do mês, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS), por meio da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, e o Governo do Estado vão promover diversas atividades voltadas à conscientização da sociedade sobre a importância do respeito à integridade física e psíquica contra pessoas com 60 anos ou mais.

Para conhecer a programação completa e se inscrever clique aqui.

Bitnami