Unigran Capital

Unigran Capital recebe acervo de livros de ex-professora do curso de Arquitetura e Urbanismo

O Centro Universitário Unigran Capital recebeu a doação do acervo da biblioteca particular da ex-professora do curso de Arquitetura e Urbanismo Maria Margareth Escobar Ribas Lima. A assinatura do termo de doação foi realizada na biblioteca e teve a presença da professora Maria Margareth, do coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo, Osvaldo Abrão de Souza, do Diretor Administrativo e de Planejamento, Nelson Barros Lima Filho e da bibliotecária Lauriana Almeida Teixeira da Costa.

Foram doados à Unigran Capital cerca de 300 livros que a professora Maria Margareth reuniu, em sua biblioteca particular, ao longo de quase quatro décadas de carreira como arquiteta e urbanista e como docente.

Equipe da biblioteca da Unigran Capital com a professora Maria Margareth, o coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo, Osvaldo Abrão de Souza, do Diretor Administrativo e de Planejamento, Nelson Barros Lima Filho e da bibliotecária Lauriana Almeida Teixeira da Costa

A história da professora Maria Margareth na Unigran começou na década de 1990. Já com carreira estabelecida na Arquitetura e Urbanismo, ela deu início à trajetória como docente nas salas de aula da Unigran, em Dourados. A professora lecionou entre os anos de 1995 e 2002, as disciplinas Estética e História da Arte e da Arquitetura; História e Teoria da Arquitetura e do Urbanismo; Folclore e Cultura Brasileira; Direção Técnica de Obras.

“A Unigran me deu a oportunidade, em 1995, de começar a dar aula. O que foi interessante é que eu não pensava em dar aula de História. Eu tinha 14 anos de formada e minha experiência era com projetos e obras. E fui dar aula na Unigran e me encantei com isso”, conta a professora.

Na Unigran, Maria Margareth se envolveu em projetos de pesquisa que foram fundamentais para a preservação do patrimônio histórico de Mato Grosso do Sul. Entre as boas memórias da época em que deu aulas na Unigran, a professora relembrou o apoio que recebeu para participar de uma viagem que fez para Nova Iorque em um evento sobre História da Arte e  realização do mestrado. A pesquisa feita para o mestrado foi publicada como o livro “Ciclos econômicos e produção arquitetônica em Porto Murtinho”.

 

Após parar de lecionar na Unigran, Maria Margareth foi superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e atualmente é professora do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e realiza o pós-doutorado.

“São livros de toda a minha vida. Eu até insisti com o Osvaldo [coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo] para contar essa história. Foi um período muito importante na minha vida. Foi uma decisão que eu falei: eu vou doar a minha biblioteca e vou doar para a Unigran. Se eu não tivesse tido essa oportunidade, porque eu não tinha experiência acadêmica, eu não estaria onde estou hoje. Passei na concurso da federal, fui superintendente do IPHAN, fiz doutorado, estou no pós-doutorado”.

De acordo com o coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unigran Capital, professor Osvaldo Abrão de Souza, os livros vão ser importantes para os alunos do curso e de toda a Unigran Capital.

“Tem duas maneiras de enxergar. Do ponto de vista pragmático, é excelente, temos livros de qualidade, selecionados por uma pessoa que se dedicou à Arquitetura e ao ensino da Arquitetura – que são coisas diferentes – não basta ser arquiteto para ser professor e do ponto de vista subjetivo que é o aspecto do amor à causa, do amor à produção e do reconhecimento do que a Unigran fez para um professor”, destaca o professor Osvaldo.

Bitnami