Unigran Capital

Unigran Capital participa da 71ª SBPC com atividades que envolvem mais de 200 alunos

O Centro Universitário Unigran Capital participa da 71ª edição da Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), o maior evento de divulgação científica da América Latina. Durante os sete dias de evento (entre 21 e 27 de julho), trabalhos dos cursos de graduação serão expostos. As atividades envolvem cerca de 200 acadêmicos e aproximadamente 30 alunos-monitores no estande da Unigran Capital na SBPC. 

No primeiro dia de exposições, a Unigran Capital foi representada pelos cursos da área de saúde. Foram oferecidos testes de glicemia capilar, tipagem sanguínea, aferição da pressão arterial, leitura das lâminas citológicas e o óculos VR (realidade virtual). Também foi realizada a divulgação do laboratório de análises clínicas da Unigran Capital, que é aberto à comunidade e oferece serviços com valores de tabela social.

O pró-reitor de ensino e extensão da Unigran Capital, Vinicius Soares de Oliveira, destaca que um evento deste porte é importante para alunos e professores da Unigran Capital, pois, abre novas perspectivas e apresenta temas que poderão no futuro serem desenvolvidos em pesquisas e projetos de ensino e extensão dentro da Unigran Capital. 

“A importância da SBPC para os nossos alunos e professores está relacionada à integração com a pesquisa e à extensão. Na Unigran Capital, fazemos isso, mas fica muito local. Quando eles [alunos e professores] vão para a SBPC, que é o maior evento de pesquisa do Brasil e da América Latina, conseguem entrar em contato com coisas muito maiores do que imaginavam que poderia existir. Surgem temas para serem aplicados nos TCC [Trabalho de Conclusão de Curso], na pesquisa que estiverem desenvolvendo como PBIC [Programas de Iniciação Científica] e temas para as atividades de extensão”, afirma o professor. 

A reunião da SBPC é realizada anualmente em uma universidade federal do Brasil. Neste ano, a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) foi escolhida como sede e, conforme o pró-reitor de ensino e extensão, a Unigran Capital é uma das parceiras. 

“Levamos o que os nossos cursos têm de melhor, para mostrar que aqui em Mato Grosso do Sul, também investimos em extensão, pesquisa e ensino. Fizemos um cronograma de cursos e, durante a semana, todos os cursos da Unigran Capital vão passar por lá, com acadêmicos, professores, técnicos administrativos”, explica. 

Observação no microscópio também foi realizada

O coordenador do curso de Biomedicina da Unigran Capital, Maicon Matos Leitão, afirma que os óculos de realidade virtual, foi uma das atividades que mais chamou a atenção dos visitantes no estande da Unigran Capital. 

“Chama muito a atenção dos alunos e, como método de ensino, auxilia que o aluno possa tem um contato maior com as diversas áreas da educação. [SBPC] É um dos eventos de maior renome da América Latina e a Unigran Capital está se fazendo presente para ter essa troca em ciência e tecnologia. Temos o intuito de sempre trazer o melhor na qualidade de ensino. A busca de novas tecnologias e a inovação estão incorporados no nosso dia a dia”, conclui o professor. 

Estudantes utilizam os óculos de realidade virtual no estande da Unigran Capital

71ª SBPC

Realizado pela primeira vez em Campo Grande (MS), o evento traz uma programação com mais de 250 atividades, com a participação de pesquisadores renomados, nacionais e internacionais, e gestores do sistema estadual e nacional de CT&I. As atividades são realizadas na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e são abertas a todos.

O evento é aberto a todos e, conforme informações da UFMS, a inscrição é gratuita e obrigatória para quem tiver interesse em receber certificado. As inscrições podem ser feitas no site http://ra.sbpcnet.org.br/campogrande/ até 26 de julho até as 12h, ou presencialmente, às 14h.  

O tema da reunião da SBPC deste ano é “Ciência e Inovação nas Fronteiras da Bioeconomia, da Diversidade e do Desenvolvimento Social. São mais de 250 atividades, e a participação de pesquisadores renomados, nacionais e internacionais, e gestores do sistema estadual e nacional de CT&I.

A SBPC foi criada em 1948 e é uma entidade voltada à defesa do avanço científico e tecnológico e do desenvolvimento educacional e cultural do Brasil. A cada ano, a Reunião Anual da SBPC é realizada em um estado brasileiro, sempre em universidade pública.

Bitnami