Unigran Capital

Antes mesmo de terminar a graduação, acadêmico de Radiologia é aprovado em concurso

Passar em um concurso público é o sonho de muita gente. A aprovação já é realidade para o acadêmico do 6º semestre de Radiologia da Unigran Capital, Victor Lennon Santiago Silva. Aos 21 anos, ele já conseguiu a aprovação em um concurso da sua área de atuação e diz que estudar na Unigran Capital foi um dos diferenciais para o sucesso nos estudos. 

Victor Lennon foi aprovado na segunda colocação no concurso para Técnico em Radiologia da Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande (Sesau). Ao todo, foram 561 concorrentes. 

Confira a entrevista com o acadêmico da Unigran Capital

Como você ficou sabendo e estudou para esse concurso? quanto tempo durou a sua preparação?

Fiquei sabendo através de colegas da profissão e do preceptor de estágio. Desde o inicio do ano, eles comentavam sobre a abertura do concurso para a prefeitura daqui, visto que já havia saído concurso para outros municípios. Quando saiu o edital, eu já comecei a me planejar para os estudos. Foram três meses árduos e corridos de curso preparatório, resolução de exercícios, apostila e provas semelhantes da área. Também dou ressalva para todo o aprendizado adquirido desde o início do curso, pois sem ele, eu não teria todo o êxito. 

Como você conheceu a Radiologia? 

Por meio de colegas da profissão que já trabalhavam na área. Um certo dia, eu visitei uma clínica de radioterapia, porque tinha amigos que trabalhavam lá, e então, todo o local de trabalho, o acelerador linear, o trabalho desenvolvido pela equipe e a relação com os pacientes despertaram em mim um fascínio tão grande, que desde aquele momento eu pus em mente que era aquilo que queria fazer da vida e ter como profissão. Foi amor à primeira vista. Eu sinto que a minha vocação é ajudar as pessoas na busca da saúde e deixá-las felizes.

Como você conheceu a Unigran Capital e como está sendo estudar Radiologia aqui? Como isso contribuiu para a sua aprovação no concurso?

Como eu descobri que a Radiologia era a minha vocação, fui procurar uma faculdade que ministrasse o curso. Através de recomendações de colegas e pela internet, conheci a Unigran. Foi um marco na minha vida, pois é com o curso e a instituição, que os meus sonhos estão sendo concretizados. Sem falar na excelente estrutura e professores altamente capacitados. A Unigran foi parte integrante fundamental na minha aprovação, pois sem o aprendizado do curso e dos professores isso seria impossível.

Durante o curso, você se envolveu em atividades como pesquisa, ações sociais? 

Participei de duas ações sociais, além de jornadas e simpósios. Uma ação social foi no ano passado, no centro comunitário do Cohafama e a outra no Parque Tarsila do Amaral, no Nova Lima, no primeiro semestre deste ano.

Qual foi a sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados?

Um misto de felicidade, surpresa e gratidão, pois não sabia que poderia ter ido tão bem devido a quantidade de candidatos inscritos, que foi de 561. Esse mérito eu compartilho com todos os envolvidos durante o processo de formação, que são os professores, preceptor do estágio, colegas da profissão, colegas da turma, faculdade Unigran Capital, meus amigos e minha família.

O que você mais gosta na área de Radiologia? 

De fazer o bem ao paciente, realizar o melhor exame possível e poder ajudá-lo no processo do alcance de sua saúde. A Radiologia são os olhos do médico, é com o exame radiográfico na sua maioria em que será possível diagnosticar o paciente e propor uma terapêutica. Ser parte fundamental deste processo é de uma responsabilidade tamanha mas que no final se resume em gratidão e realização, pois eu saberei que o meu trabalho como tecnólogo em Radiologia ajudou a salvar uma vida.

Quais são os seus planos para o futuro?

De imediato me formar e ingressar efetivamente no cargo do concurso. Mas, a longo prazo, desejo fazer especialização em Radioterapia, que é a área a qual me quero consagrar profissionalmente. Tenho planos de viajar bastante, conhecer o mercado de trabalho da Radiologia em outros lugares, ter carro, uma casa.

Deixe uma mensagem a quem pretende ingressar na Unigran Capital

Quero agradecer a Unigran Capital, os professores e os colegas, dizer que a persistência é a palavra chave no alcance dos sonhos e das coisas que se almeja, pois todos possuem a mesma capacidade e é na luta que se vence. 

Bitnami