Unigran Capital

Nota do MEC

Nota do MEC: por que é importante conhecer antes de escolher sua faculdade?

Já está na hora de decidir qual curso vai seguir? É uma decisão muito importante para o seu futuro. Mas você sabe qual escolha também conta bastante? A que vai decidir qual será a sua instituição de ensino superior. É aí que você vai precisar prestar atenção na nota do MEC (Ministério da Educação).

Mas, antes de explicarmos o que ela significa, entenda que, para escolher uma instituição, é necessário pensar se você terá um ensino de qualidade e se poderá tirar o melhor da sua experiência acadêmica. Além de saber qual curso vai permitir que você realize os seus sonhos, é bom saber se a universidade investe nele, o que é um grande diferencial para o seu aprendizado.

Afinal, é complicado tentar estudar o que sempre quis com uma estrutura de ensino precária, não é mesmo? Para ajudar você nessa escolha, vamos explicar o que é essa nota, como é feita a avaliação e o que ela significa no processo de escolha do curso. Confira!

O que é a nota do MEC?

A avaliação vai analisar se a instituição de ensino cumpre os requisitos básicos para funcionar e se possui padrões de qualidade relevantes. O modelo utilizado para fazer a análise é o Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior), que avalia o desempenho dos alunos, as instalações, o corpo docente, a pesquisa etc.

Para que se chegue à nota final, o Sinaes é composto pelos três instrumentos a seguir:

Conceito ENADE

Todos os anos, alunos dos cursos públicos e privados são submetidos ao Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), uma prova que testa os conhecimentos obtidos em sala de aula.

O Enade é aplicado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), a autarquia federal que também administra o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Mas quer dizer que todos os estudantes precisam passar pela prova? Não, são apenas os que estão começando os cursos e os que estão finalizando.

As notas são dadas de 0 a 5. Os valores mais aproximados de 5 indicam que o curso foi bem avaliado, enquanto as notas mais baixas estão perto de 0. Se o curso não tinha alunos suficientes no critério de fazer a prova, ele aparece como SC (Sem Conceito).

Conceito Preliminar de Curso

Também conhecido pela sigla CPC, esse indicador também leva em consideração fatores como:

  • resultado do Enade;
  • corpo docente;
  • infraestrutura do curso;
  • recursos das aulas.

Se o curso tirar notas muito baixas, como 1 e 2, ele receberá uma visita do MEC para verificar as suas condições, o que pode manter ou alterar a nota. Já as instituições que tirarem mais de 3 podem decidir se querem ou não receber essa visita.

Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição

Já viu alguma universidade divulgar esse índice? Ele é o mais usado tanto pelas instituições quanto pelo próprio MEC. O IGC é o mais completo dos indicadores do Inep. A nota dele é a média dos resultados do Enade e do CPC em um ciclo de três anos.

Assim como o CPC, as notas variam de 1 a 5. Se o desempenho do curso for abaixo de 3, ele corre o risco até mesmo de ser fechado. A nota 3 é considerada regular, enquanto as notas acima de 4 são de excelência. Quer saber qual a pontuação do seu curso favorito? Acesse o site do Inep.

Você sabia que a Unigran Capital possui o maior IGC de Mato Grosso do Sul? Alcançamos um IGC contínuo de 3,4700 contra 3,2934 da segunda colocada, a UFGD. UFMS e IFMS obtiveram ICG contínuo de 3,0746 e 3,0969 respectivamente.

Por que essa nota é tão importante na hora de escolher a universidade?

Agora que você sabe como funciona a nota do MEC, como isso vai servir para a sua grande decisão? Primeiro, é preciso considerar que é complicado investir em um curso que não obteve boa pontuação nos parâmetros de qualidade do próprio Ministério da Educação.

Por exemplo, já imaginou cursar Fisioterapia sem a estrutura física que contemple os ensinamentos abordados? Ou um curso de Direito sem professores qualificados? Afinal, uma instituição que não fornece meios de se obter um ensino adequado provavelmente será prejudicial para sua formação, o que pode implicar mais gastos no futuro para recompensar o que não teve.

Claro que uma pós-graduação é uma ótima ideia, mas é preciso construir a base do conhecimento na própria universidade, e não depois. É melhor escolher uma graduação de qualidade e tornar a experiência do MBA ainda mais enriquecedora.

Para analisar melhor a universidade que você quer, procure o histórico dela nas últimas avaliações e as referências dela na qualidade do ensino. Mas o MEC não é o único critério que você deve levar em conta antes de se decidir.

Como tomar decisões baseadas em outros fatores?

Além de ter consciência do caminho que deseja seguir e de como funciona o mercado naquela área, é possível analisar o curso almejado utilizando outros critérios.

Analise com os próprios olhos

Visite a universidade! Nada melhor do que conferir tudo por si mesmo, certo? Percorra os corredores da instituição, veja as condições das salas de aula, dos laboratórios, dos auditórios, da biblioteca etc.

Pergunte também sobre o quadro de professores e as experiências que eles têm. Calcule também como será o caminho que você vai precisar fazer da sua casa até lá.

Conheça a grade curricular

Às vezes, você entrou num curso bem avaliado pela nota do MEC, que aparentemente é tudo aquilo com que sonhou. Porém, as aulas são maçantes e você não se sente estimulado a continuar. Uma maneira de evitar isso é checar a grade do curso para ver que disciplinas serão ministradas.

A escolha do seu curso superior é o começo de uma longa caminhada para o seu futuro profissional. Mesmo com a ótima referência dos índices e pesquisando tudo com antecedência, é possível não se sentir satisfeito com a área que escolheu.

Não precisa se desesperar. Sempre é hora de reavaliar as suas expectativas e decidir o que realmente fará você feliz. A vantagem é que você conta com as melhores ferramentas para analisar outros cursos: os instrumentos que fornecem indicadores para o MEC, como vimos anteriormente. Quanto mais você pesquisar, mais terá uma ideia do que o espera.

Viu só porque é tão importante escolher uma faculdade com uma boa avaliação no MEC? Então venha estudar na Unigran Capital, a instituição mais bem avaliada de Mato Grosso do Sul! Inscreva-se no vestibular ou transfira seu curso agora mesmo.

Bitnami