Unigran Capital

Melhor faculdade

6 itens importantes para se considerar na escolha da melhor faculdade

Começar uma graduação é um momento muito especial, marcado por grandes expectativas em relação ao futuro. Mas, para que as coisas aconteçam como você espera, é importante saber escolher a melhor faculdade. Essa não é uma tarefa tão simples, afinal, muitas instituições se apresentam como a melhor opção.

Então, como saber qual delas está, de fato, entre as mais bem avaliadas? Alguns critérios ajudam você a analisar as alternativas e escolher entre elas. Quer saber quais são eles? Confira todos os detalhes deste post e tome sua grande decisão com segurança!

1. Localização e estrutura física

Vamos começar pelo básico: você precisa saber onde fica a faculdade e avaliar se o local é acessível. O ideal é estar em um bairro central e ficar próximo de estações de ônibus, metrôs ou outro tipo de transporte coletivo. Ter estacionamento disponível para quem vai de carro também é um diferencial importante.

Além da localização, a estrutura física da faculdade faz toda a diferença na qualidade que ela oferece aos alunos. É sempre bom conhecer o campus e observar as salas de aula e os espaços externos — como pátios, lanchonetes, ambientes de estudo e convivência etc.

Dê atenção especial à biblioteca. Ela vai ser muito útil em vários momentos do curso. Além de investigar o tamanho e a relevância do acervo de livros, lembre-se de checar também se há espaço confortável e silencioso para estudar. Da mesma forma, observe se a estrutura dos laboratórios práticos é adequada.

Quem pretende fazer um curso na modalidade semipresencial ou a distância também precisa analisar a estrutura oferecida. É importante conhecer o polo presencial e avaliar o suporte online, conhecendo as plataformas utilizadas, os canais de comunicação e o material disponibilizado.

2. Professores e funcionários

Esse é o segundo fator mais importante na busca pela melhor faculdade. Os professores são responsáveis por boa parte do aprendizado que você vai obter na instituição. Por isso, vale a pena dar atenção especial ao corpo docente na sua análise.

Geralmente, os sites das faculdades apresentam os professores e até indicam seu currículo. Se você não conseguir essas informações facilmente, pode pedir na secretaria do local. Verifique se a instituição investe na formação dos docentes, tendo no seu quadro profissionais com especialização, mestrado e doutorado.

Além da qualificação acadêmica, também é interessante contar com professores renomados no mercado de trabalho. Eles compartilham muitos conhecimentos relevantes para a atuação profissional e podem ser o seu primeiro networking na carreira.

Lembre-se de que não é só de professores que se faz uma boa faculdade. Os demais funcionários do local também cumprem funções fundamentais para o desenvolvimento dos estudantes. Por isso, avalie como é o atendimento nos diversos setores, como financeiro, secretaria do curso e apoio ao aluno.

3. Nota de avaliação do MEC

Todas as instituições de ensino superior do Brasil se submetem às regras estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Para acompanhar a qualidade de tantas faculdades, os analistas desse órgão avaliam diversos critérios e atribuem uma nota que pode ir de 1 a 5. Ela é fundamental para o reconhecimento e o funcionamento dos cursos de graduação e pós-graduação.

Caso não seja reconhecido pelo MEC, o diploma oferecido pela faculdade não tem validade. Além disso, a nota de avaliação da instituição não pode ser menor do que 3. Quando isso acontece, o local é proibido de abrir novas turmas de seus cursos enquanto não cumprir as exigências do ministério.

Percebeu a importância desse índice? Não deixe de conhecer a nota da faculdade e a do seu curso — ela pode ser diferente para cada graduação oferecida. Entre os critérios para obtenção da nota estão: a adequação da estrutura física, a capacitação do corpo docente e a nota dos alunos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE). Ou seja, dá para saber muita coisa sobre a faculdade apenas analisando essa informação.

4. Grade curricular e metodologia de ensino

Você não pode escolher um curso sem conhecê-lo antes, certo? A melhor forma de fazer isso é ler a grade curricular. Ela registra todas as matérias que são ensinadas em cada semestre da graduação. Assim, você tem os dados que precisa para avaliar quais são os conteúdos ensinados.

É possível identificar as disciplinas obrigatórias e opcionais, além de ver a carga horária de cada uma. Essas informações provavelmente são disponibilizadas nos sites, mas também podem ser solicitadas na secretaria da faculdade.

Depois de conhecer a grade curricular, preocupe-se, ainda, em saber quais são as metodologias de ensino adotadas pelos professores do local. O ideal é que haja esforços para aproximar a teoria da prática. Se o seu curso precisa de laboratórios, dê especial atenção para esse ponto.

5. Opinião de ex-alunos

Tem forma melhor de conhecer uma instituição do que conversar com quem estudou nela? Nada como avaliar a opinião de ex-alunos para escolher a melhor faculdade. Eles podem falar com propriedade sobre os professores, a estrutura e a qualidade do ensino no local. Também podem ajudar muito contando suas experiências no mercado de trabalho.

É igualmente interessante conversar com alunos que ainda estejam estudando. Eles têm informações atualizadas sobre detalhes da graduação. Por isso, se você tem amigos na faculdade, converse com eles sobre esse assunto e busque saber tudo o que for possível.

O feedback dos estudantes também pode ser encontrado nas redes sociais da faculdade ou em sites gerais sobre o assunto. Faça uma pesquisa na internet e procure saber a opinião deles sobre os aspectos essenciais que citamos aqui.

6. Aproximação do mercado de trabalho

Por fim, você provavelmente deseja saber como a faculdade oferece garantias de empregabilidade para os alunos depois de formados, não é mesmo? Aproximar os estudantes do mercado de trabalho é uma das principais funções de uma instituição de ensino superior. Mas como avaliar isso?

Um ponto fundamental é o investimento em aprendizagens que vão além da sala de aula. Nesse sentido, alguns diferenciais são:

O mercado de trabalho está sempre à procura de profissionais capacitados. A melhor faculdade deve oferecer cursos de graduação e pós-graduação relacionados às necessidades desse mercado, preparando os estudantes para as maiores oportunidades. Siga as nossas dicas e encontre a instituição ideal para você!

Agora que já sabe quais critérios considerar nessa escolha, que tal aprender a aprofundar sua análise? Leia nosso post sobre como avaliar a grade curricular de um curso!

Bitnami