Unigran Capital

Educação Física qual é a diferença entre licenciatura e bacharelado

Faculdade de Educação Física: qual é a diferença entre licenciatura e bacharelado?

Licenciatura ou bacharelado? Qual a melhor opção para quem pretende ingressar na faculdade de Educação Física? Essa é uma dúvida comum para os estudantes que estão em processo de escolha de profissão.

A aptidão para a prática de atividades físicas e o interesse pelos esportes são o primeiro requisito para seguir a carreira de educador físico. Entretanto, existem diferenças na atuação profissional do licenciado e do bacharel — e é importante avaliá-las antes de escolher o caminho a seguir.

Continue lendo o nosso post, esclareça suas dúvidas sobre licenciatura e bacharelado em educação física e facilite sua decisão. Boa leitura!

Faculdade de Educação Física: licenciatura

O aluno que opta pela licenciatura em Educação Física recebe capacitação para exercer sua profissão na área escolar, desenvolvendo atividades na Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio.

Ao longo do curso superior, o futuro professor adquire habilidades para preparar, efetuar e avaliar programas de atividades físicas. Assim, o licenciado em Educação Física promove o lazer e a saúde no ambiente escolar e incentiva crianças e adolescentes a desenvolverem a aptidão pelos esportes e exercícios.

Formação

O curso de licenciatura em Educação Física tem duração de 6 semestres na modalidade presencial, e de 8 semestres na modalidade semipresencial. A matriz curricular inclui disciplinas que abrangem a prática educativa e a atuação desportiva, incluindo:

  • Didática da Educação Física;
  • Didática Geral;
  • Psicologia da Educação e do Esporte;
  • Handebol;
  • Voleibol;
  • Basquetebol;
  • Futebol e Futsal;
  • Ginástica Rítmica;
  • Ginástica Geral;
  • Atletismo;
  • Atividades Aquáticas;
  • Lutas.

Disciplinas voltadas às áreas biológicas também compõem a grade do curso, como:

  • Anatomia;
  • Biologia Celular;
  • Bioquímica;
  • Fisiologia Humana;
  • Biomecânica do Movimento;
  • Primeiros Socorros;
  • Nutrição.

Além das aulas teóricas, o acadêmico também passa por aulas práticas e estágios supervisionados.

Na modalidade de licenciatura, a graduação promove o entendimento do sistema de ensino e das práticas escolares. O aluno que escolher essa opção de curso deve ter interesse em trabalhar na área educacional e deve gostar de lidar com crianças e adolescentes.

Atuação profissional

O profissional licenciado em Educação Física pode atuar no ensino público e na rede particular, elaborando e acompanhando atividades para prevenir, manter e promover a qualidade de vida e as práticas saudáveis dos alunos.

Basicamente, o mercado de trabalho para esse profissional está nas escolas. A boa notícia é que a demanda é alta, já que a disciplina em Educação Física é obrigatória. Para conquistar cargos efetivos no serviço público, o professor pode prestar concursos — municipais, estaduais ou federais.

Outra opção para o graduado em Educação Física — seja licenciado, seja bacharel — é continuar os estudos e se tornar professor universitário ou trabalhar como pesquisador. Para isso, é necessário investir em cursos de pós-graduação stricto sensu, mais conhecidos como mestrado e doutorado.

Faculdade de Educação Física: bacharelado

Com o curso de bacharelado em Educação Física, o estudante se prepara para promover a saúde individual e coletiva em diversos âmbitos. O acadêmico aprende a elaborar e coordenar atividades físicas que atendam a diferentes objetivos, como: saúde e bem-estar; esportes; lazer e recreação; reabilitação, entre outros.

Formação

A duração do curso é de 8 semestres — tanto na modalidade presencial, quanto na semipresencial. A grade curricular é composta das mesmas disciplinas que a licenciatura, além dos últimos dois períodos que incluem as seguintes matérias:

  • Atividade Física e Envelhecimento;
  • Avaliação e Prescrição de Atividade Física;
  • Saúde Pública;
  • Ginástica de Academia;
  • Musculação;
  • Treinamento Desportivo.

Assim como na licenciatura, há aulas teóricas, práticas e estágios obrigatórios. Dessa forma, o aluno adquire todo respaldo necessário para o desempenho da profissão.

Atuação profissional

O campo de trabalho para o bacharel em Educação Física é bem amplo. A atual preocupação das pessoas com vida saudável, bem-estar e boa forma física tem expandido ainda mais esse mercado.

O profissional pode atuar em academias, clubes de esporte e lazer, empresas, centros de reabilitação física e muitos outros espaços. O educador físico pode desenvolver atividades como: treinamento de atletas; ginástica laboral; aulas de diferentes esportes; personal trainer etc.

Importante lembrar que áreas de atuação específicas também exigem um conhecimento preciso, o que inclui experiência na prática de determinada atividade e até cursos de capacitação.

Assim como há múltiplas possibilidades de atuação para o bacharel em Educação Física, a remuneração também é variável. Isso porque, em muitos casos, o profissional trabalha como autônomo e pode prestar serviços em vários locais. Um exemplo é o caso de quem é instrutor de academia e também ministra ginástica laboral em empresas.

Dúvidas comuns sobre qual modalidade escolher

Se você gosta da prática de atividades e esportes, isso já é um primeiro passo para seguir a carreira de educador físico. Mas, como licenciatura e bacharelado oferecem diferentes cenários profissionais, é importante avaliar bem essa decisão antes de iniciar o curso.

Na hora de escolher qual caminho seguir, é normal que surjam dúvidas — e isso não acontece apenas com você. Veja algumas questões que podem ajudar nessa escolha:

Como identificar o melhor caminho para mim?

Primeiramente, faça uma autoavaliação e identifique o seu perfil: você gostaria de trabalhar na área educacional? Tem vontade de dar aulas? Tem facilidade para lidar com grupos de crianças e adolescentes?

Se ainda não tem tanta certeza se a licenciatura combina com seus objetivos, avalie as oportunidades do bacharelado: consegue se ver como personal trainer? Gostaria de ser treinador ou professor de algum esporte específico?

Avalie as suas características próprias e pense bem em qual das opções seria mais satisfatória para você. Lembrando que a grade curricular de ambas as modalidades não difere muito, portanto, o seu foco de avaliação deve ser o mercado de trabalho.

Qual opção oferece um mercado de trabalho mais promissor?

O mercado é bom para os dois tipos de educador físico. Para o licenciado, como dissemos acima, as oportunidades estão principalmente nas escolas. No entanto, as chances de conseguir uma colocação são muitas. O índice de empregabilidade é alto, tanto na rede pública, quanto no ensino particular.

O bacharel, por sua vez, tem vários caminhos à sua frente:

  • o setor de academias está em constante crescimento;
  • as pessoas estão cada vez mais conscientes da importância de cuidar da saúde — e essa preocupação também é direcionada aos filhos, que entram em cursos de natação e escolinhas de futebol ou de artes marciais desde pequenos;
  • as empresas também estão investindo em qualidade de vida para os seus colaboradores no âmbito corporativo.

Portanto, com licenciatura ou bacharelado, o profissional formado em Educação Física encontra um mercado de trabalho com boas condições de empregabilidade. Essa é uma das profissões em alta no momento, isso explica por que o curso é tão procurado.

Posso obter os dois diplomas?

Para quem se identifica com as duas profissões e gostaria de obter uma formação completa, é possível estender um pouco os estudos e conquistar os diplomas de bacharelado e licenciatura.

A matriz curricular das duas modalidades tem a maioria das disciplinas em comum. Dessa forma, o estudante, após se formar na primeira modalidade, pode iniciar a segunda graduação e ser dispensado de várias matérias.

Em poucos semestres, o acadêmico consegue concluir os dois cursos, receber dupla titulação e se tornar um profissional completo, com possibilidade de atuar como educador físico em qualquer área.

Agora que você não tem mais dúvidas sobre a faculdade de Educação Física e sobre as diferenças entre licenciatura e bacharelado, dê o próximo passo: encontre uma instituição de ensino que seja referência em educação superior e comece a trilhar uma nova jornada, em direção ao seu sucesso profissional.

Aproveite que você está aqui e não se esqueça de assinar a nossa newsletter para receber conteúdos atualizados sobre cursos e profissões!

Bitnami