Unigran Capital

Como se organizar para o Enem? Confira 6 estratégias essenciais

Foi um ano de muitos estudos e o sonho de ingressar na faculdade está cada vez mais próximo. No entanto, é preciso se preocupar com alguns detalhes finais e se organizar para o Enem.

O exame — que é realizado em dois dias e conta com 180 questões de múltipla escolha, além da redação — tem algumas regras que devem ser seguidas à risca pelos candidatos, por isso é preciso muita atenção para não pôr em risco toda a sua preparação.

Para você se programar, trouxemos 6 estratégias para que o dia da prova seja bastante tranquilo e você possa se concentrar para dar o seu melhor. Confira nosso post!

1. Visite o local da prova com antecedência

Muita gente acha bobagem a dica de conhecer o local da prova com antecedência, ainda mais hoje com a internet e a facilidade de mapas para se chegar a qualquer lugar. No entanto, é preciso saber exatamente onde você fará o exame para descobrir qual é o tempo de percurso, as melhores rotas e as opções de transporte (carro, ônibus, trem ou metrô).

Dessa maneira, no dia do Enem, você vai sossegado e com tempo de sobra para não correr o risco de ser surpreendido pelo caminho e perder a prova.

2. Tenha bastante atenção ao horário

Depois de conhecer o local da prova, é fundamental também estar atento aos horários do Enem. Procure chegar às 12h (horário de Brasília), momento em que os portões são abertos.

A organização do exame é bastante rígida nesse aspecto e não abre exceção para quem chegar atrasado. Aliás, todo ano, os candidatos que perdem a hora viram notícia.

Então, anote aí: o fechamento dos portões acontece, impreterivelmente, às 13h, quando o estudante já deve estar na sala de aula aguardando o início da prova.

Com um planejamento adequado, você não precisa correr para chegar, pode relaxar antes da prova e fica mais calmo para enfrentar a maratona de questões. Mas atenção: se chegar muito cedo não use o tempinho para ficar estudando ou discutindo questões com outros candidatos. Isso pode deixar você ansioso e confuso para o momento do exame.

3. Não esqueça o documento original com foto

Outra recomendação fundamental para você se organizar para o Enem é separar, nos dias anteriores, um documento de identificação oficial com foto. Sem isso, o candidato não consegue fazer a prova.

Você pode levar:

  • RG;
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • Carteira de Trabalho;
  • Certificado de Reservista;
  • Identidade Funcional;
  • Passaporte.

Mas fique atento, pois a organização do exame não aceita cópias dos documentos — nem mesmo as autenticadas ou versões eletrônicas.

Se você chegar ao local do exame sem o documento oficial, pode pedir para alguém levar, porém vai ter que esperar do lado de fora. Nesse caso, há um risco grande de perder o horário e, assim, ter que deixar de fazer o Enem.

Caso o candidato esteja sem o documento em virtude de roubo, pode levar o Boletim de Ocorrência, mas que tenha sido expedido em até 90 dias antes do primeiro dia do exame.

4. Leve apenas o necessário

Muitos alunos estudaram bastante para o Enem e, é claro, ficam muito preocupados com o dia do exame. Mas, de tão precavidos, acabam levando coisas demais para fazer a prova.

Por isso, para você se organizar para o Enem, saiba que — além do documento oficial com foto — você só precisa levar uma caneta esferográfica de cor preta e que tenha corpo transparente. Somente esse modelo é aceito para você resolver as questões e fazer a redação.

Nada de carregar um estojo com borracha, régua, lapiseira, corretivo ou outra caneta diferente da que é exigida. Tudo isso é proibido, assim como dispositivos eletrônicos, fones de ouvido e boné. Se quiser, pode levar também o cartão de confirmação da inscrição, mas saiba que não é obrigatório.

É claro que muita gente levará o celular e outros pertences. Então, antes da prova, terá que guardar esses objetos (lembre-se de desligar o celular) em um envelope preto lacrado, que é disponibilizado pelos organizadores e deve ser colocado embaixo da carteira do candidato.

Leve também um lanche

A prova do Enem é bastante longa — no primeiro dia dura 5 horas e meia (das 13:30 às 19:00) e no segundo, 5 horas (das 13:30 às 18:30) — por isso é recomendado levar uma garrafa de água e algum lanche, como bolachas, chocolate ou barra de cereal para consumir enquanto estiver fazendo o exame.

5. Separe uma roupa adequada na véspera

No planejamento para o Enem, separe também uma roupa adequada para enfrentar a prova. A dica é selecionar peças confortáveis, pois você ficará um longo período sentado e também precisa estar concentrado — por isso cuidado para não escolher, por exemplo, uma blusa muito quente e ficar incomodado.

Sabemos que, em novembro, costuma fazer calor em todo o país. Sendo assim, cheque a temperatura pela internet no dia anterior, assim, você consegue escolher a roupa mais adequada.

6. Tenha atenção com a alimentação nos dias anteriores

Quem quer se organizar para o Enem, arrasar na prova e começar logo a graduação precisa pensar também na alimentação dos dias anteriores. A dica é consumir alimentos leves (fique longe de opções muito gordurosas) nos dias anteriores e, principalmente, no dia do exame.

A ideia é evitar desconfortos — como dor de barriga ou queimação (azia) — na hora de resolver as questões, pois isso pode atrapalhar o seu desempenho e, consequentemente, seu ingresso no ensino superior.

No dia do Enem, prepare um café da manhã mais reforçado e se programe para almoçar mais cedo. Dessa forma, você estará com mais disposição para fazer a prova. Falando em disposição, procure também dormir mais cedo na véspera do exame.

Você estudou o ano todo e já está pronto para fazer o exame, assim, em breve, vai se tornar um universitário. Contudo, é preciso se organizar para o Enem: o candidato precavido e que se planeja evita imprevistos e fica mais sossegado para enfrentar as questões e a redação.

Agora você já conhece algumas estratégias para que nada dê errado no dia do Enem. Quer ajudar seus amigos a se planejarem também? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais!

Bitnami