Unigran Capital

como entrar na faculdade

Como entrar na faculdade: 5 formas de ingresso

O final do ensino médio não é apenas um momento de grandes decisões, mas também de dúvidas. É comum que muitos estudantes não saibam como funciona o ensino superior, nem mesmo como entrar na faculdade, afinal, tudo é novidade para eles.

Essa é a fase da vida em que as pessoas começam a pensar seriamente no seu futuro, na carreira que desejam seguir e no curso superior que atenderá suas demandas. Mas, caso você se sinta perdido e não saiba por onde começar, não se preocupe, pois estamos aqui para ajudar!

No post de hoje, vamos apresentar as principais formas de ingresso na faculdade e esclarecer algumas dúvidas sobre o assunto. Quer saber mais sobre como dar os seus primeiros passos em direção a uma carreira de sucesso? Então acompanhe-nos!

1. ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é uma avaliação realizada anualmente, cujo objetivo principal é mensurar a qualidade do ensino médio no Brasil. Sua aplicação ocorre em dois dias distintos e tem a duração de 5h30min e 4h30min respectivamente.

O exame é composto por 180 questões que abrangem diferentes disciplinas — matemática, biologia, história, língua portuguesa etc. — e uma redação dissertativa-argumentativa sobre um determinado tema.

Atualmente, a maioria das faculdades públicas e particulares utilizam a nota do ENEM como principal forma de ingresso de novos alunos. O candidato pode cadastrar seu resultado no Sistema de Seleção Unificado (Sisu) e escolher duas opções de instituições nas quais deseja estudar.

O próprio sistema cria um ranking com as melhores notas e o relaciona com as vagas ofertadas pelas faculdades escolhidas. Se o candidato conseguir uma boa classificação, ele poderá efetuar sua matrícula e começar a estudar no semestre determinado pela sua posição.

Para participar do ENEM, é preciso que você leia o edital e fique atento às datas de inscrição. Nos dias da prova, compareça com antecedência e leve consigo apenas os materiais permitidos — caneta esferográfica azul ou preta, documento de identidade com foto e alimentos, se desejar.

2. Vestibular

O vestibular é a forma tradicional de ingresso nas instituições de ensino superior. Ainda que o ENEM tenha se tornado o método mais popular nos dias de hoje, muitas faculdades continuam utilizando o sistema clássico como uma alternativa.

Mas, afinal de contas, o que é o vestibular? E como entrar na faculdade por meio dele?

Vestibular nada mais é do que uma prova utilizada para medir os conhecimentos dos candidatos que desejam estudar em uma determinada instituição. Assim como o ENEM, ele é composto por diversas questões objetivas e, em alguns casos, questões dissertativas e/ou redação. Os candidatos com as melhores notas são aprovados e poderão efetuar sua matrícula.

A diferença é que o vestibular é elaborado individualmente por cada instituição de ensino, de modo que tanto a estrutura da prova quanto os conhecimentos exigidos variam de acordo com a faculdade. A data, o horário e o local da prova também são definidos pela própria instituição.

Por um lado, isso é desvantajoso, pois os estudantes deverão fazer uma prova diferente para cada faculdade escolhida. Ainda é possível que as suas datas coincidam, exigindo que o candidato escolha apenas uma delas. Nada disso acontece no ENEM, pois a prova é única e padronizada para todas as instituições.

Por outro lado, o vestibular é vantajoso, pois geralmente abrange apenas disciplinas que são relacionadas ao curso escolhido, aliviando, assim, os estudos dos candidatos que já definiram a instituição em que desejam ingressar. Já o ENEM é uma prova extensa e cansativa que cobra conhecimentos em áreas que nem sempre estão relacionadas ao curso desejado.

Para ingressar em uma faculdade por meio do vestibular, você primeiramente deve acessar o site da instituição do seu interesse e verificar se ela adota essa modalidade como forma de ingresso. Se a resposta for positiva, basta ler o edital elaborado por ela para saber todas as informações sobre o vestibular, inclusive o período de inscrição e a data da prova.

3. Vestibular agendado

Uma das maiores desvantagens tanto do ENEM quanto do vestibular tradicional está no fato de que a data da prova é sempre pré-definida, sem possibilidades de ser alterada pelo candidato. Ou seja, se alguém não puder comparecer, será automaticamente desclassificado e terá que esperar o próximo ano ou semestre para tentar de novo.

Mas como entrar na faculdade sem enfrentar esse problema? A resposta é simples: vestibular agendado!

Atualmente, muitas instituições permitem que o próprio candidato agende uma data para fazer sua avaliação. Para isso, basta entrar em contato com a faculdade, escolher o dia e horário que forem mais convenientes, comparecer na data marcada, fazer a prova e aguardar o resultado.

Caso seja aprovado, basta apresentar os documentos exigidos pela instituição para efetuar a matrícula e começar a estudar.

4. Transferência

Muitas vezes, o aluno de uma instituição não se adapta ao seu ambiente de estudo. São diversos os motivos que levam a isso, como incompatibilidade com os métodos de ensino, dificuldade em interagir com os colegas e professores, distância entre casa e faculdade, entre outros.

Nesses casos, é comum que o estudante abandone o curso atual e tente ingressar em uma nova instituição. Mas, para isso, ele não precisa se preocupar em se preparar para um novo vestibular ou ENEM. Basta fazer um pedido de transferência.

A transferência, como o próprio nome já diz, é uma forma de ingresso para alunos que já estão matriculados em um curso e desejam continuar seus estudos em outra instituição. Nesse caso, basta verificar se a nova faculdade possui vagas e quais são os documentos necessários para fazer a transferência.

O programa de disciplinas e histórico escolar do curso anterior são documentos obrigatórios para esse método de ingresso, pois permitem que os estudantes eliminem as disciplinas já cursadas e continuem seus estudos exatamente do ponto em que estavam.

5. Obtenção de novo título

Profissionais já formados em um curso anterior também podem ingressar na faculdade sem necessidade de fazer vestibular ou ENEM. Afinal, se eles já possuem um diploma, isso significa que já foram classificados anteriormente.

A obtenção de novo título é uma forma de ingresso própria para quem já tem um diploma e deseja voltar a estudar, independentemente se o novo curso é relacionado ou não com o anterior.

A maioria das instituições de ensino permitem essa modalidade de ingresso, desde que haja vagas no curso desejado. Para isso, basta entrar em contato com a faculdade e apresentar o seu diploma junto com os outros documentos necessários para efetuar a matrícula.

Vale ressaltar que, se o seu diploma anterior foi obtido na mesma instituição de ensino, é possível obter descontos na sua nova graduação, pois existem diversos incentivos para profissionais que desejam voltar a estudar.

Com isso, encerramos a nossa lista com as principais formas de ingresso no ensino superior. Se você ainda não sabia como entrar na faculdade, esperamos que todas as suas dúvidas tenham sido esclarecidas. Lembre-se de que a educação deve ser vista como um investimento para um futuro profissional promissor!

Quer ficar por dentro de outros conteúdos como este? Então siga-nos no Facebook, LinkedIn e Twitter!

Bitnami